Imagem ou vídeo 3D: você sabe o que é mais indicado para a sua empresa?

Imagem ou vídeo 3D: você sabe o que é mais indicado para a sua empresa?

Alternativas têm sido cada vez mais adotadas por companhias de diversos nichos de mercado

O uso de imagens e vídeos em três dimensões tem sido cada vez mais comum entre empresas. Além de prática e dinâmica, essas opções oferecem aos clientes um conteúdo, muitas vezes, mais:

  • acessível;
  • autêntico;
  • personalizável.

Quer saber mais sobre imagens e vídeos 3D e entender como esses pontos podem ajudar a sua companhia? Continue no nosso artigo.

O uso de imagens e vídeos 3D no mercado corporativo

A adesão a ferramentas cada vez mais modernas é um dos fundamentos do mercado empresarial. Nesse sentido, utilizar os produtos gerados por essas novas tecnologias se mostra não apenas uma opção, como uma necessidade desse segmento.

Por isso, a utilização de imagens e vídeos em 3D, em uma esfera ampla desse meio, deve ser considerada como um dos principais movimentos rumo a um futuro cada vez mais acessível, autêntico e personalizável.

E como isso é feito?

O processo de criação de uma imagem e de um vídeo de um ambiente 3D é muito parecido. Ambos são desenvolvidos através de tecnologias da computação gráfica, sempre através da ótica de um profissional qualificado.

A visão dessas pessoas, inclusive, é uma característica a ser destacada. Além de dominar os softaweas 3D de tratamento de imagem eles precisam entender conceitos de arquitetura, design de interiores, fotografia e diversos outros pontos.

Isso, inclusive, é um dos fatores que mais demonstra a qualidade dos serviços desses profissionais, e reforçam como esse mercado já é indispensável para a indústria nos moldes atuais.   

Afinal, qual dessas alternativas é a mais indicado para a minha empresa?

Imagem de cozinha azul Todeschini

Entre todas as características citadas, a personalização pode ser adotada como a principal resposta para esse questionamento. Afinal, ela permite que esses produtos se adaptem conforme as necessidades e vontades de empreendedores. E, por isso, tudo depende do cliente.

A seguir, você acompanhar um breve comparativo sobre essas duas vertentes e, depois, estruturar uma decisão concreta.

  • Para que serve a imagem de um ambiente em 3D no meio corporativo?

Não há um levantamento amplo que comprove essa estimativa, mas é provável que imagens 3D sejam os modelos mais acessíveis entre as duas partes citadas.

Afinal, mesmo com uma produção, assim como citamos antes, parecida com a dos vídeos, ela exige menos tempo e, consequentemente, menos recursos.

Um exemplo prático

Imagine um gestor de uma indústria de móveis planejados que lança uma nova linha de postas de alumínio com vidro que, além de um material mais sensível, possui uma variação de cores.

Para criar fotos para divulgação desses produtos, seria extremamente trabalhoso, por exemplo, alugar um estúdio, contratar uma equipe de fotografia e edição, realizar a montagem e a desmontagem de todas as variações desses objetos, entre outros pontos.

Por isso, a criação de imagens de um ambiente em 3D se apresenta como uma alternativa mais acessível e segura.

  • Para que serve o vídeo 3D no meio corporativo?

Fato é que a comunicação, bem como o marketing tem mudado muito nos últimos anos e se adequado às redes sociais para “conversar” com o público que consome seu produto.

Um vídeo ou uma imagem em 3D podem alavancar o engajamento de suas plataformas das redes sociais visto que são mais atrativos quando comparados a uma imagem estática.

Um exemplo prático

Como você pode ter deduzido, ainda seguindo o exemplo acima, indústria de móveis planejados podem utilizar vídeos em 3D em um reels da empresa no Instagram ou Facebook, por exemplo. Através dessa estratégia, empresas desse ramo podem divulgar seus móveis à distância e de maneira mais imersiva, sem a necessidade de criar decorados físicos que demandam verba antes, durante e depois da construção.

Além disso, podem solicitar a personalização desses espaços conforme suas visões de negócio ou, em casos mais específicos, de acordo com solicitações de clientes.

Como esses conteúdos podem melhorar a reputação da usa empresa?

A originalidade é uma característica indispensável na atualidade e, não à toa, colossos do empreendedorismo cresceram graças a esse ponto, conforme destaca o artigo O impacto da Netflix na produção e consumo do conteúdo audiovisual, de Felipe da Silva Teixeira.

No material, publicado através da Universidade federal do Rio de Janeiro, o autor destaca uma fala de Ted Sarandos, então executivo-chefe de conteúdo da Netflix. Segundo ele, “(…) em entrevista para a GQ americana [sic], o objetivo da empresa com o lançamento de séries originais era ‘se tornar a HBO antes do que a HBO se torne a gente’”.

A criação dessa personalidade dá frutos ainda nos dias de hoje, e reforça como pequenas medidas, como não conteúdos autorais ou personalizáveis, são baseados em grandes movimentos mercadológicos.

Por isso, deixar de lado os clássicos bancos de imagens e edições simples e investir em fotos e vídeos em três dimensões é uma medida pioneira, que deve gerar cada vez mais frutos no futuro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também